Porque Ter Um Blog É Fundamental na Estratégia do Seu Negócio Digital

por que ter um blog
Este artigo é o 1º de uma série.
Ao final do artigo você terá links para ir direto para as outras partes

Por Que Ter um Blog? Porque o Blog é Peça Fundamental na Estratégia de Seu Negócio Digital!

 Primeiramente, o que é blog? — Blog é o diminutivo de web log e significa um site ou parte de um onde são publicados artigos regulares, os chamados posts. A diferença entre blog e site é que blogs são desenvolvidos para serem atualizados frequentemente, de modo rápido e direto.

Nunca se produziu tanto conteúdo como agora. Ao mesmo tempo, nunca foi tão necessário produzir conteúdo…

Criar um post é tão fácil como escrever um email. Digita-se o texto no área apropriada do software e clica-se em Publicar. Não é necessário conhecer HTML ou ter a capacidade de programar para se publicar um post ou se manter um blog.

Há diversas plataformas criadas especificamente para blogs, que facilitam esse trabalho. Blogs podem cobrir um ou diversos tópicos e ser escritos por um ou mais autores.

Há blogs muito simples estruturalmente e, ainda assim, muito bons, veja o exemplo do Blog do Seth Godin, respeitado autor americano, palestrante e consultor de Marketing. Por outro lado, podem ser complexos e estruturados como o site corporativo do New York Times.

Afinal, por que ter um Blog?

 Esta é a 1ª parte desta série de 8 partes sobre blogs. Estes são os assuntos:

  1. Porque Ter Um Blog É Fundamental na Estratégia do Seu Negócio Digital (esta)
  2. Como Criar Um Blog de Sucesso? As Principais Ações Para Criar e Alavancar Seu Blog
  3. Como Ter Ideias de Conteúdo e Saber se Há Audiência Para Essas Ideias
  4. Conteúdo Original Atrai e Conecta. Por Que Tanto Medo de Criar Seu Próprio Conteúdo?
  5. Webwriting – Como Produzir Conteúdo Original e Relevante Para Seu Site
  6. Otimização de Conteúdo: Seu Blog Com Boas Posições no Google, Atraindo Visitas Qualificadas
  7. Formatos de Conteúdo: Derive Seu Conteúdo e Expanda o Alcance de Sua Mensagem

E por que ter um blog? Seu site é sua casa, é o único lugar da internet onde você tem total controle.

O blog é a melhor ferramenta de relacionamento. Lá você publica o que realmente atrai seus visitantes, seu conteúdo.

E principalmente, se você o utilizar para captar e-mails em troca de e-books, minicursos ou para apresentar conteúdo diferenciado, aí você terá meios de acesso pessoal à sua audiência.

O e-mail é a única forma onde a comunicação é direta com a audiência, e o blog é a vitrine de seu conteúdo.

O blog é sua casa. Mantenha-a organizada.

Os cadastrados no seu site são seus, diferentemente de suas presenças no Facebook, Instagram ou Youtube ou outras redes sociais, onde os cadastrados são, na verdade, propriedade das respectivas plataformas.

Comentários no site têm mais valor, pois não se resumem a curtidas robóticas. Somente seu site mostra se sua estratégia de atração de visitas e de indicação do fluxo que você deseja impor funciona, e se você está no caminho certo.

Qual o formato de publicação de um blog? Blogs, como disse, têm conteúdo criado por meio de posts.

Cada post tem uma página própria e uma chamada (resumo ou apresentação) na página principal. Na maioria dos casos, o post mais recente fica no topo da página, enquanto os posts mais antigos dispostos em ordem decrescente de data publicação.

Em blogs mais elaborados, a página principal pode ser organizada em categorias ou tópicos, com os posts apresentados nas páginas principais de cada categoria.

Os posts são os conteúdos. Para que o blog alcance os objetivos esperados eles devem ter uma estrutura correta.

A Estrutura de um Post

Estruturalmente, cada post tem ou deve ter, pelo menos um(a):

  1. Título – a parte mais importante do conteúdo em termos de atração.
    Se o seu título atrair, despertar o interesse, aumenta-se consideravelmente a chance de seu texto ser lido e seus objetivos atingidos.
  2. Descritivo – o complemento do título. Tente fazer algo que corrobore a ideia apresentada no título e sirva de apresentação da história a ser contada.
    Use uma afirmação forte, uma frase inesperada ou proponha um desafio.
  3. Introdução – tente apresentar a ideia e mostrar que a pessoa sairá maior depois da leitura.
    Apresenta sua expertise, vincule exemplos e estabeleça sua autoridade.
  4. Desenvolvimento (corpo ou conteúdo) – tem tamanho mínimo, 3 parágrafos, mas não máximo.
    Fica mais efetivo se você criar subtítulos, numa sequência lógica que estruture a apresentação do assunto. Use com imagens que reforcem a ideia apresentada.
  5. Conclusão – mostra claramente o valor do que acabou de ser apresentado, e, quando aplicável, um resumo em formato de tópicos, porque lista os principais pontos da ideia apresentada.
    Essa conclusão prepara o clima para se atingir o objetivo do conteúdo, constante do último passo.
  6. Chamada para ação – apresenta clara e diretamente o próximo passo e indique ao leitor que a hora é chegada.
  7. Fechamento – se o objetivo é de se manter o relacionamento aquecido (sempre é, né?) inclua uma área ou link para comentários, o que é importantíssimo para análise do feedback dos usuários.
    Acrescente uma apresentação do autor, e indique conteúdos e produtos relacionados.

É indicado que você mostre a data e hora de publicação ou produção. Porque isso mostra que seu trabalho não é recente ou de um aventureiro.

Se você tiver de atualizar um post antigo, mantenha a data original e escreva: “Atualizado em –/–/–”. Na internet e no SEO, antiguidade é posto.

Otimização e Consistência de Publicações – 2 esforços primordiais

Ter um blog, por si só, não garante visitas ou relevância. São muitas as ações necessárias para se obter sucesso com um blog. Você tem que publicar posts relevantes e otimizados, pois, para seu site se destacar, atrair uma audiência crescente e fiel e atingir seus objetivos, seu conteúdo tem que ser, primeiramente, encontrado. A otimização para as buscas, o SEO, depende de ações dentro e fora do site e constitui ferramenta importante de conquista de audiência.

Outro conceito fundamental para o sucesso de um blog é utilizar da força vinda de publicações consistentes e regulares. Se você parar de publicar no seu blog, os robôs das buscas considerarão que você raramente o atualiza e irão indexá-lo cada vez mais espaçadamente. Em contrapartida, se você produz conteúdo de forma consistente, as buscas poderão indexar seu blog até várias vezes por dia, pois, além de reconhecerem e valorizarem seu trabalho, elas não desejam que seus próprios resultados de busca fiquem desatualizados.

Produzir, consistentemente, conteúdo original, com qualidade, e otimizado é o melhor caminho para seu blog ter bons rankings nas buscas e, assim, receber mais visitas.

A decisão de qual software ou plataforma utilizar em seu blog depende de algumas características pessoais ou de sua empresa.

Na escolha desse tipo de produto ou serviço, o melhor é usar quadros que listem e comparem as funcionalidades. 

Como não somos um portal técnico, vamos fazer uma análise superficial, mas aconselhamos que você estude o assunto e dedique mais tempo e análise nessa escolha.

Como escolher o melhor software ou plataforma para seu blog

A primeira decisão é ter um blog gratuito, ou hospedado gratuitamente ou um blog hospedado com custo. Há serviços gratuitos, que incluem plataforma e hospedagem, e devem ser considerados por iniciantes. Isso porque eles têm pressa em começar, pouco conhecimento técnico e pretendem usar o blog como um passo no caminho de algum negócio mais sério. É importante notar que esses serviços têm limitações e não devem ser utilizados para blogs de negócios, que visem ao lucro. O mais conhecido é o WordPress.com.

Blogs com hospedagem paga são os mais escolhidos por empresas que prestam serviços, vendem produtos ou oferecem conteúdo. É primordial conversar com os consultores da hospedagem a fim de que estes o ajudem na escolha da plataforma mais indicada à sua necessidade. Há, também, vários sites/blogs especializados que ajudam nessa escolha, além de darem dicas que poderão ajudar bastante.

Para pequenos negócios, as opções mais conhecidas são WordPress.org, TypePad e SquareSpace, enquanto, para negócios maiores, WordPress, Automattic e MoveableType.

Nossa empresa, a Clicktime já desenvolveu diversos blogs, utilizando variadas plataformas. Particularmente, eu aconselharia a utilização do WordPress para negócios, independentemente de tamanho. Apesar de não ser a opção mais intuitiva, são muitos os sites que ensinam, dão dicas, assim como os serviços que providenciam o desenvolvimento dos blogs em WordPress. O suporte é dado por uma grande comunidade de desenvolvedores, que oferecem uma quantidade enorme de plug-ins, tutoriais e temas, que expandem e melhoram o sistema.

Uma funcionalidade que considero muito importante é a característica de o WordPress ter um sistema gerenciador de conteúdo muito elaborado, porque tem uso intuitivo, e funciona bastante bem. O uso do WordPress, com o plugin Yoast Pro, facilita a otimização para as buscas, numa combinação imbatível.

O blog como ferramenta estratégica de marketing digital

Com tanta concorrência, como fazer para o seu conteúdo aparecer, ter destaque e bons resultados? Hoje, em marketing digital, essa é a resposta de 1 milhão de reais (ou de dólares)…

Então, o que fazer para ter um blog e brigar de igual para igual com os grandes?

Em resumo, independentemente da fórmula a ser utilizada, sua estratégia passa por ter um blog com conteúdo de qualidade em seu site. Sim, ter um blog é absolutamente primordial se o seu empreendimento é digital.

Siga nessa série de conteúdos sobre blogs a fim de saber as 10 principais ações para ter um blog de sucesso.

Co-fundador da MarketingDigital.com.br, Alex Moraes é especialista em Marketing Digital. Após diversas conquistas na prestação de serviços na agência digital de seu irmão, o designer Anderson Moraes, mudou o foco da empresa, a Clicktime Marketing e Design, para a educação. A MarketingDigital.com.br é um hub de troca de informações, com muito conteúdo próprio e de parceiros, glossário, guia de prestadores de serviços (agências e profissionais), agenda de cursos e eventos e tudo mais que se refira a Marketing Digital.

89 artigos publicados