A Escolha do Domínio Ideal, o Naming. 10 Passos Para o Nome de Site Perfeito

naming - escolha do domínio

A escolha do domínio ideal para o seu site, o naming, é um processo que pode ser facilitado. Veja as análises que você deve fazer para definir o domínio ideal, isto é, se não tiver uma marca a ser trabalhada.

No processo de naming, se você já tem uma marca que pretenda trabalhar ou que já venha sendo trabalhada, em tese, você já dedicou tempo considerando essa escolha, assim, seu domínio deve ser sua marca.

Domínio é o nome que será seu endereço na Internet, a URL. É bom deixar claro que um bom domínio ajuda, mas, sozinho, não garante muito.

Você vai encontrar na internet páginas terríveis com ótimos domínios e vice-versa. Agora, um bom domínio, que leva a um bom site, que oferece um bom serviço é a combinação perfeita.

Em qualquer situação diferente você ter uma marca que será trabalhada, você deve considerar que a escolha do seu domínio pode ser tão importante como a escolha do nome da sua empresa, até porque sua empresa pode acabar sendo conhecida pelo nome de seu domínio.

São 3 os fatores que devem ser analisados prioritariamente: Marca, Rankings e Links.

 À escolha do endereço de internet de seu negócio denominamos naming. No Brasil o registro de domínios pode ser feito pelo site Registro.br. Pense em 3 fatores prioritariamente: Marca, Rankings e Links.

Vamos às dicas a fim de escolher o melhor domínio possível para seu site:

  1. Devo usar o nome de sua empresa, sua marca, na escolha do domínio?

    Primeiramente defina se deseja que sua empresa fique conhecida prioritariamente ou exclusivamente pelo assunto tratado nesse site. Se a resposta for sim, use o nome de sua empresa. Se não, menor é a indicação de usar sua marca como seu domínio. Nesse caso crie um site institucional sua marca como domínio e sites individuais para cada situação/produto/serviço específicos, todos vinculados à página institucional.

    No caso de você considerar usar sua marca como domínio, todo trabalho feito no site trabalha também sua marca. Lembre-se, porém, que isso vale para o bem e para o mal. Se você trabalhar exclusivamente um tipo de serviço e não funcionar, para as buscas, por muito tempo, seu site ficará ligado àquela atividade, mesmo se sua empresa decidir parar de prestá-la.

  2. Se seu site é brasileiro, dê preferência à terminação .com.br (ponto-com-ponto-br).

    Trabalho em uma área onde uma quantidade enorme dos termos ainda não foi oficialmente traduzida, como link building, SEO, PPC ou as traduções ainda não “pegaram”. Isso, porém, não pode subir à cabeça, ainda estamos no Brasil e falamos português.

    Procure, prioritariamente, na escolha do domínio, um nome brasileiro e, se você não tem a intenção de ter um negócio global, procure não usar .com. As pessoas no Brasil tendem a digitar .com.br (ponto-com-ponto-br).

    Se puder ter os domínios .com (ponto-com) e .com.br (ponto-com-ponto-br), compre-os, mas saiba como redirecionar um deles sem possibilidade de punição ou perda de rankings por procedimentos indevidos (redirecionamento 301).

    Evite as terminações menos comuns, tanto brasileiras como mundiais, como .info (ponto-info), .net.br (ponto-net-ponto-br), .srv.br (ponto-srv-ponto-br), .ws (ponto-ws), etc. PS: Minha empresa se chama Clicktime, mas comecei meu serviço nos Estados Unidos, em 1999, por isso o nome. Não é o caso de “faça o que falo, mas não faça o que faço”, ok?

  3. Delimite um tamanho máximo para o domínio.

    Aqui, tamanho não é documento. No naming, quanto menor e mais simples, melhor. A realidade é que os bons nomes já se foram, e os menores foram primeiro. Quanto maior o nome, menor a lembrança, maior a chance de erro na digitação e de variações na forma de escrever. Assim, procure algo fácil de lembrar, do menor tamanho possível.

  4. Evite hifens no nome.

    A imensa maioria não se lembrará deles e você pode estar levando visitas para a concorrência. No Brasil, só quem tem o domínio sem hífen pode comprar o com hífen, por exemplo, marketingdigital.com,br e marketing-digital.com.br, já nos domínios .com (ponto-com), qualquer pessoa pode comprar as variações. No caso de duas palavras, você pode trabalhar sua marca facilitando a memorização ao intermediar letras maiúsculas na apresentação, assim como faço, escrevendo MarketingDigital.com.br.

  5. Pense nas variações de escrita.

    Vamos combinar que Google não é um nome que ouvimos todo dia, que o significado da palavra, uma brincadeira com googol, número 1 seguido de 100 zeros, não ajuda muito. Você pode até ligar a ideia a uma enorme quantidade de páginas indexadas ou à brincadeira de quanto mais páginas de resultado mais letras O aparecem lá no fim na página. Imagine que se pode escrever como gugou, gugol, gugow, googow, googol, googou e assim vai.

    Não pense que a partir do sucesso do Google criar nomes estranhos é a solução. A não ser que você tenha dezenas de milhões de dólares, ou investidores, para seu trabalho de branding…

  6. No processo de naming, domínios com palavra-chave do assunto do site é e sempre será uma ótima opção.

    Independentemente de Panda, Penguin e outras mudanças de algoritmo do Google, que tiraram importância de certos fatores no trabalho de SEO de uma página, ainda assim, domínios exatos, como MarketingDigital.com.br ainda são bem interessantes.
    Os motivos são vários, pois domínios exatos:

    • Ficam com as palavras-chave de sua descrição e de seu domínio negritadas nos resultados das buscas.
    • São de fácil memorização devido à vinculação lógica.
    • Historicamente têm maior CTR (click through ratio – número de cliques por número de exposições).
  1. Sejamos cruelmente realistas: o nome dos seus sonhos já tem dono.

    Os dez primeiros de sua lista também. Se você quer ter uma loja online de equipamentos para montanhismo deve saber que com 99,9% de chances de montanhismo.com.br não está disponível (confirme na Registro.br). O que você pode fazer então?

    • Todo domínio tem um dono e nada impede de você fazer uma proposta de compra. Bons domínios não são baratos, mas, no longo prazo, um bom domínio pode economizar muito dinheiro em links patrocinados. Quando comprei esse não era o nome da indústria, mas você acha que www.marketingdigital.com.br estava disponível para registro? Não. Paguei bem caro por ele, numa aposta que deu certo. Já recebi propostas absurdas pelo domínio.
    • Pense em variações alternativas que mantenham palavras-chave no domínio e que sejam pertinentes, contextuais, como aventuramontanhismo.com.br.
    • Tente usar metáforas ou vinculações que podem conduzir o leitor a uma “imagem” do seu serviço ou produto como k2.com.br. Você pode dizer que nem todos sabem que K2 é uma das montanhas do Himalaia, o que é real, mas você imagina quem sabe disso? Montanhistas, seus clientes potenciais, basicamente o visitante que lhe interessa conquistar. Sempre funciona, imagine um site para crianças jujuba.com.br ou um portal de cinema pipoca.com.br. Vinculações diretas são ótimas alternativas à indisponibilidade do domínio desejado, mesmo que não tenha palavras-chave, pois são mais fáceis de ser lembrados.
    • Se você vende um produto ou serviço que você trabalha uma transformação na pessoa, então procure nomes que explicitem essa mudança. Por exemplo, tenho um curso para Empreendedorismo voltado para o público maduro. O domínio? EmpreendedorMaduro.com.br. Tenho outro de empreendedorismo para servidores públicos. O curso é o domínio são Servidor Empreendedor e ServidorEmpreendedor.com.br, respectivamente. Assim, busque um nome que comunique a transformação que você deseja vender.
  1. Evite, no naming, certos procedimentos, como:

    • Combinações de nomes que possam resultar em palavras estranhas ou chulas.
    • Ser extremamente formal ou preciso, em detrimento de usar o nome popular, Estadunidense, no lugar de americano ou Sítio, ao invés de site, não terão buscas em quantidade elevada…
    • Domínio muito longos, com mais de 3 palavras ou com erros de Português. Parafernalha, por exemplo, é errado. Se bem que, sendo um site de humor, eles conseguiram virar o jogo dando ênfase justamente ao erro. O domínio escrito corretamente não é deles e muita gente deve visitar esse site e não encontrar o que realmente desejava.
    • Nomes que sejam marcas registradas de outras empresas.
    • Muitas variações de escrita, não só por erros, mas por serem subjetivos. Nomes com ç, acentos ou til, na medida do possível, também devem ser evitados.
  1. Alguns cuidados adicionais podem ajudar na escolha do domínio perfeito:

    • Lembre-se que, a fim de ter sucesso com seu site, você vai precisar de links. Pense que seu domínio pode constranger, enganar ou irritar quem se dispuser a oferecer um link para seu site.
    • Registre domínios que contemplem erros comuns na escrita do domínio e faça redirecionamento corretos (301) para o domínio escrito corretamente.
    • Quando o domínio consistir em nomes subjetivos, que possam ser escritos de formas diferentes, registre também essas possibilidades. O redirecionamento para o correto (301) continua valendo.
    • Registre nomes, marcas e variações que evitem que “espertos” os registrem primeiro. O redirecionamento aqui é opcional, você pode apenas publicar uma página com o link correto.
    • Registre versões locais dos nomes. O marketing local é uma tendência muito forte e próxima. Se você tem diversas presenças regionais ou é um franqueador, registre, além de suaempresa.com.br, suaempresarj.com.br, suaempresaSP,com.br e assim sucessivamente pode ser interessante para seu negócio. Ainda pode ser ainda mais interessante para barrar registros de pessoas que queiram usar o seu sucesso com fins escusos. Nunca use uma regionalização como site principal. E se você expandir seu reinado…
    • Evite modismos. Com o tempo eles ficam ultrapassados e seu domínio e/ou marca também.
    • Considere que é estreita a linha entre o engraçado e a gracinha. Os Melhores do Mundo é um ótimo nome para um grupo humorístico de teatro (excelente, por sinal), mas não fica necessariamente legal quando você vai pedir um link a um parceiro ou quando atende ao telefone: Melhor SEO do Mundo, boa tarde…
  1. Cumpra a expectativa que seu domínio gera.

    Se seu domínio for humor.com.br, seja engraçado.

A escolha de seu domínio exige análise, pois ele vai representar seu negócio por muito tempo. Assim, dedique-se a encontrar o melhor nome possível e, se ele já estiver tomado, tente um contato com o atual proprietário e faça uma oferta. Quem sabe, funciona…

Qual o seu domínio dos sonhos? Ah, MarketingDigital.com.br já tem dono 🙂

Co-fundador da MarketingDigital.com.br, Alex Moraes é especialista em Marketing Digital. Após diversas conquistas na prestação de serviços na agência digital de seu irmão, o designer Anderson Moraes, mudou o foco da empresa, a Clicktime Marketing e Design, para a educação. A MarketingDigital.com.br é um hub de troca de informações, com muito conteúdo próprio e de parceiros, glossário, guia de prestadores de serviços (agências e profissionais), agenda de cursos e eventos e tudo mais que se refira a Marketing Digital.

101 artigos publicados